2 O pobre cego XS O cego pobre .


A riqueza das pessoas não se consiste em bens materiais, mais com que ela possui dentro de si mente, corpo, e espírito...  Darci a pobreza não é deixar de desfrutar-se dos seus três elementos.

Hoje as pessoas estão pobres e perambulam pela cidade com suas cabeças baixas se perguntado “O que serra? O que será?” Elas culpam DEUS e dizer estar seguindo o caminho que ele deus a elas.

As pessoas estão cegas, cega pelo seu próprio reflexo que é mistura de egocentrismo com vaidade... Cada vez mais se isolam em seus casulos de pobreza e ignorância.

Sua atividade pelo mundo não passa de nada + nada – do que perambular pelo mundo em busca de satisfazer desejos pessoais, em quanto isso ao seu lado pessoas não tem perspectiva de vida.

Se formos seres humanos e chagamos ao mundo da mesma forma porque nos aprisionarmos em nossos casulos e desprezamos nossos irmãos?

Em nada somos diferente, apenas temos características que nos diferem dentro da espécie humana... Portanto não me olhe assim que eu só igual a você. 

2 comentários:

Robson Landim disse...

Muito bom o texto que nos faz refletir sobre a verdadeira riqueza da vida e sobre em quem e no que colocamos a real valorização!

Parabéns!

J disse...

corpo, mente, espírito... equilíbrio é a chave. não dá pra rejeitar de todo o lado material da vida, ele também é necessário. e não há mau nenhum em buscar satisfazer seus desejos pessoais, inclusive como prioridade, desde que isso não se torne obsessão em vida (desequilíbrando a balança corpo-mente-espírito); não é por sermos da mesma espécie, tendo a mesma origem, que nos tornamos responsáveis pela miséria e/ou falta de perspectiva alheias.

Postar um comentário

:a   :b   :c   :d   :e   :f   :g   :h   :i   :j   :k   :l   :m   :n   :o   :p

Página Anterior Próxima Página Home

Idéias Flutuntes

Idéias Flutuntes
Regis Bone